Sábado, 18 de Outubro de 2014

Eleições: Dhlakama contesta mas garante que"Não haverá mais guerra"



Afonso Dhlakama, líder do principal partido da oposição moçambicana, a Renamo, disse nesta sexta-feira que vai contestar o resultado das eleições realizadas nesta semana no país, que ele qualificou como injustas e marcadas por fraudes, mas prometeu que "não haverá mais guerra em Moçambique".

"As pessoas precisam entender que as eleições não foram livres nem justas ou transparentes", disse citado pela agência Reuters desde Maputo, a capital moçambicana, acrescentando que o seu partido vai recorrer à lei eleitoral do país para contestar os resultados provisórios da votação de quarta-feira, que apontam para a vitória do partido Frelimo e do seu candidato presidencial, Filipe Nyusi. O líder da Renamo acrescentou: "Eu posso garantir a você que não haverá mais guerra em Moçambique".
publicado por Jornal Urbano De Moçambique às 01:27
link do post | comentar | favorito
| | partilhar

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Cidadão suicida-se no cem...

. Desmaios frequentes agita...

. “Regime da Frelimo será j...

. Monteiro arruma tabuleiro...

. Corrupção desvia pelo men...

. Frangoulis diz que Procur...

. Partido Frelimo afasta-se...

. Dhlakama anuncia para Abr...

. Nyusi reitera compromisso...

. A reacção da única filha ...

.arquivos

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds