Quinta-feira, 5 de Março de 2015

A reacção da única filha de Gilles Cistac “Mataram o único homem que teve coragem de vos enfrentar e mostrar o que é a Constituição”

18502_853708281356275_2160455232166083955_n.jpg

 

A única filha do constitucionalista Gilles Cistac vem reagindo nas redes sociais, desde ontem, à morte do seu pai. Na quarta-feira, Rosimele Cistac, de 17 anos de idade, que está inconsolável, escreveu na sua página do Facebook a acusar os assassinos do seu pai de serem “caras de merda” e “burros”.


Rosimele questiona até aonde vai “a fome” do regime “pelo poder”. “Onde está a liberdade de expressão neste país, onde está a consciência de um ser humano?”, pergunta.
Numa mensagem de alto teor emocional, Rosimele Cistac sugere aos algozes do pai que a assassinem também. “Que me matem, não tenho medo de vocês, agora menos do que nunca.”


Para a filha de Cistac será em vão cobrar justiça na morte do seu pai, porque, segundo deu a entender, foi o regime que tirou a vida ao seu pai. “Estão felizes? Assassinaram o único homem que tinha a coragem de vos encarar e mostrar a este país o que é a Constituição. Não será possível fazer justiça, pois foi justiça que baleou o meu pai”, lê-se no comentário por ela publicada.


A única filha de Cistac tem a certeza de que foi o poder que eliminou o pai. “Mataram o meu tesouro, que eu tinha de mais importante em minha vida. Minha vida já não faz sentido, que me matem, assim irei ao encontro do meu pai e vamos rir das vossas caras de merda por serem tão burros. Claro que todo o mundo sabe até os analfabetos sabem que foram vocês.”


Rosimele escreve: “a sede do poder vos sobe à cabeça até chegar ao ponto de contratar bandidos para matar alguém”. “Fizeram com o meu pai o que fizeram com Cardoso? Por eles não terem medo de vos enfrentar”.
Numa outra publicação em que convidava amigos e estudantes do pai para a despedida, Rosimele Cistac fez questão de sublinhar que não quer membros do partido Frelimo em sua casa.

publicado por Jornal Urbano De Moçambique às 13:38
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
2 comentários:
De passado adiado a 9 de Março de 2015 às 12:02
ainda existem países onde a liberdade é tão grande que essa liberdade só cabe dentro do partido do poder: a esses países costuma-se dar outro nome: ditadura. o outro d è de democracia, escrita no papel e nos actos.
De jamisse nhambio a 10 de Março de 2015 às 06:45
Foi mesmo xato começou com samora, cardoso, sibaba e agora cistac soq quem mandou pod falhar e ser o proximo, os empresarios do caso cardoso ond estao outros

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Cidadão suicida-se no cem...

. Desmaios frequentes agita...

. “Regime da Frelimo será j...

. Monteiro arruma tabuleiro...

. Corrupção desvia pelo men...

. Frangoulis diz que Procur...

. Partido Frelimo afasta-se...

. Dhlakama anuncia para Abr...

. Nyusi reitera compromisso...

. A reacção da única filha ...

.arquivos

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds