Quinta-feira, 28 de Novembro de 2013

Beira debaixo do caos




Nos últimos três dias, circulavam, através das redes sociais, informações segundo as quais, na província de Sofala e sobretudo na cidade da Beira, havia um grupo composto por agentes da polícia da República de Moçambique (PRM) e do Centro Provincial de Recrutamento que fazia recrutamento coercivo de jovens para o Serviço Militar Obrigatório.

Esta informação teve maior impacto no princípio da manhã desta quarta-feira e, por conseguinte, muitos jovens evitaram fazer-se à rua por temer o suposto recrutamento. Até por volta das 10h00 de ontem, os mercados do Goto e de Maquinino, que têm sido frequemente lugares de maior concentração de jovens que praticam seus negócios, estiveram “às moscas”.

No terreno, a nossa equipa de reportagem interpelou muitos jovens sobre o assunto, no entanto, ninguém conseguiu apresentar prova desta informação, limitanto-se apenas a afirmar que circulava informação de que muitos jovens estavam a ser recrutados para tropa.
publicado por Jornal Urbano De Moçambique às 12:10
link do post | comentar | favorito
| | partilhar

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Cidadão suicida-se no cem...

. Desmaios frequentes agita...

. “Regime da Frelimo será j...

. Monteiro arruma tabuleiro...

. Corrupção desvia pelo men...

. Frangoulis diz que Procur...

. Partido Frelimo afasta-se...

. Dhlakama anuncia para Abr...

. Nyusi reitera compromisso...

. A reacção da única filha ...

.arquivos

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds