Quarta-feira, 27 de Novembro de 2013

PRM pede voto de confiança




A Polícia da República de Moçambique (PRM) diz que não se pode deixar de confiar nos seus agentes, só porque alguns deles estão envolvidos em casos de raptos. A mensagem foi transmitida pelo porta-voz do Comando-Geral, Pedro Cossa, que falava durante a habitual conferência de imprensa às terças-feiras.

“Nunca se deixou de acreditar na polícia porque um cidadão A ou B, que é agente, esteve envolvido em crimes de raptos. Os portugueses já tiveram uma situação deste tipo, mas não desacreditamos os nossos colegas da GNR e da PSP”, avançou Cossa.

O porta-voz do Comando-Geral afirma que a polícia ainda não tem informações adicionais acerca do cidadão raptado no sábado, na avenida samora Machel, na capital do país, e nem das causas da morte do cidadão baleado em Chiango, ao longo das obras da circular.
publicado por Jornal Urbano De Moçambique às 15:38
link do post | comentar | favorito
| | partilhar

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Cidadão suicida-se no cem...

. Desmaios frequentes agita...

. “Regime da Frelimo será j...

. Monteiro arruma tabuleiro...

. Corrupção desvia pelo men...

. Frangoulis diz que Procur...

. Partido Frelimo afasta-se...

. Dhlakama anuncia para Abr...

. Nyusi reitera compromisso...

. A reacção da única filha ...

.arquivos

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds