Terça-feira, 10 de Março de 2015

Cidadão suicida-se no cemitério de “São Dâmaso”, na Matola

cidadaoSuicida09-03-15.jpg

 

Um corpo suspenso numa árvore através de uma corda atada ao pescoço foi encontrado na manhã de sábado no cemitério do bairro de São Dâmaso, no município da Matola.

Trata-se de um cidadão que aparentava ter mais de 30 anos e que teria se suicidado na noite de sexta-feira naquele local. O corpo foi descoberto por algumas pessoas que foram ao cemitério visitar as campas dos seus ente-queridos. Segundo contaram os moradores de São Dâmaso, o finado era residente do bairro e teria desaparecido da casa há uma semana.

Após a descoberta do corpo, as estruturas do bairro reportaram o caso à Polícia que demorou para remover o corpo, segundo queixas da população.

publicado por Jornal Urbano De Moçambique às 13:55
link do post | comentar | favorito
| | partilhar

Desmaios frequentes agitam Escola Secundária da Manhiça

Desmaios-de-Manhica-10-03-2015.jpg

 

 

 

“Fenómeno Quisse Mavota” chegou a Manhiça 

Nas últimas duas semanas, mais de 50 alunas desmaiaram em circunstâncias estranhas, lançando o medo na instituição de ensino. O fenómeno tem atacado apenas as alunas, deixando-as inconscientes e agressivas

Agitação e pânico é o ambiente que tomou conta dos alunos na Escola Secundária da Manhiça, na província de Maputo, na sequência da eclosão de uma onda de desmaios que ataca apenas as raparigas. Trata-se de um fenómeno estranho, caracterizado também por ataques esquizofrénicos, associado a manifestações de espíritos que, segundo os alunos, pretendem transmitir uma mensagem à direcção da escola.

A agressividade entra também no cenário. Em alguns casos, as vítimas atacam quem está por perto. Semana passada, numa das ocasiões de desmaios, uma das alunas partiu a janela da sala de informática com uma pedra.

“Sinto uma dor interior, como se alguém estivesse a bater-me. O peito dói e a cabeça fica a girar. Garanto que a maioria das meninas já desmaiou pelo menos uma vez”, disse Ruthe Yuran, uma das vítimas.

“Parece que estou trancada numa aldeia e depois de acordar não me recordo de nada”, referiu Wina da Cecília, que também já foi atacada.

 

publicado por Jornal Urbano De Moçambique às 13:53
link do post | comentar | favorito
| | partilhar

“Regime da Frelimo será julgado”

Dlhakama-31-12-2014.jpg

 

O presidente da Renamo, Afonso Dhlakama, disse ontem, na província da Zambézia, que o regime da Frelimo será julgado pelas futuras gerações, por violar os princípios básicos da democracia no país.

Afonso Dhlakama falava em Mangue, no distrito de Milange, à margem da digressão que tem feito pelo país para promover a ideia da criação das regiões autónomas.

“Os nossos netos irão investigar quando é que entrou o multipartidarismo e vão descobrir quem são os verdadeiros ladrões”, perspectivou Dhlakama.

publicado por Jornal Urbano De Moçambique às 13:49
link do post | comentar | favorito
| | partilhar

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Cidadão suicida-se no cem...

. Desmaios frequentes agita...

. “Regime da Frelimo será j...

. Monteiro arruma tabuleiro...

. Corrupção desvia pelo men...

. Frangoulis diz que Procur...

. Partido Frelimo afasta-se...

. Dhlakama anuncia para Abr...

. Nyusi reitera compromisso...

. A reacção da única filha ...

.arquivos

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds