Quinta-feira, 7 de Fevereiro de 2013

Por 'feitiçaria', mulher é torturada e queimada viva na Papua-Nova Guiné

Uma mulher descrita como uma "jovem mãe de dois filhos" foi torturada e queimada viva após ser acusada de feitiçaria na cidade de Mount Hagen, capital da província de Higlands, na Papua-Nova Guiné. Segundo o jornal local Post-Courier , ela foi acusada de matar uma criança de seis anos com um feitiço.

Sob os olhares de dezenas de pessoas, a suposta feiticeira foi despida, amarrada com uma corda, banhada em gasolina, colocada no topo de uma pilha de lixo e torturada com uma barra de ferro em brasa até ser queimada viva.
De acordo com autoridades locais, diversas crianças com idade escolar faziam parte da plateia que acompanhou a tortura. Bombeiros e policias teriam tentado interferir, mas eram minoria e alegaram terem sido agredidos pela multidão.
publicado por Jornal Urbano De Moçambique às 16:02
link do post | comentar | favorito
| | partilhar

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Cidadão suicida-se no cem...

. Desmaios frequentes agita...

. “Regime da Frelimo será j...

. Monteiro arruma tabuleiro...

. Corrupção desvia pelo men...

. Frangoulis diz que Procur...

. Partido Frelimo afasta-se...

. Dhlakama anuncia para Abr...

. Nyusi reitera compromisso...

. A reacção da única filha ...

.arquivos

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds